quinta-feira, 5 de maio de 2011

Parabéns meu Pai.

Hoje o dia começou com um sonho
Um sonho de alegria e presença
Um sonho com o teu sorriso e amizade

Hoje a vida não é como era e não será como é
Teus ensinamentos permanecem mesmo assim
Carrego as saudades e a vontade de não acreditar
E mesmo não querendo acreditar, não temos como falar
Tornar a verdade de um dia dor em mentira, sonho, pesadelo

No coração, mente e vida interna sempre estarás presente
E onde o quer que estejas ouve o meu grito:
Parabéns meu Pai.

3 comentários:

Lwegi disse...

Tal como tu e acredito todos nós, muito gostaria que ele, o nosso pai estivesse connosco pra juntos apagar-mos 61 velinhas.
As saudades que sinto dele são como o oceano da pra ver onde começa mas nunca o fim..........Muanha

Nasimby Katiavala disse...

Não pode haver melhor Pai que aquele, que mesmo da ausência física, deixa a lembrança viva da sua presença registada na memória do filho, nem poderá haver melhor filho, que aquele que, na ausência do Pai preserva o seu DNA espiritual. Os meus Parabéns também para esta Pai, que seguramente onde quer que o seu espírito se encontre, estará atento e abençoará ao passos deste Filho e continuará a orgulhar-se dele… Parabéns meu Filho!

Lopapo disse...

Lindo poema, vamos pintar o mundo com poesias.